• Secom

Papa coloca jovens no centro da Igreja, diz dom Vilsom


Dom Vilsom Basso, é bispo de Imperatriz-MA, e representante da CNBB no Sínodo para a Juventude

Na tarde do dia 17 de abril, na Coletiva de Imprensa da 56ª AG da CNBB, dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz-MA, e representante da CNBB no Sínodo para a Juventude, falou sobre o importante momento a ser vivido pela Juventude na Igreja: “A Igreja no Brasil quer oferecer aos jovens a experiência de se encontrar com Jesus e se tornar missionários da boa nova do Evangelho”, disse o bispo. “Vivemos um tempo especial, um tempo de graça, é tempo de preparação para o Sínodo dos Bispos”, assinalou. A fala de dom Vilsom faz referência ao momento que a Igreja nacional vive em função do sínodo da Juventude, convocado pelo papa Francisco: “O papa Francisco está fazendo algo novo ao colocar os jovens no centro da atenção da Igreja”,declarou durante a coletiva.

Dom Vilsom traz em sua trajetória uma longa história de dedicação à juventude, sobretudo no regional em que atua, o Nordeste 5, que compreende as doze dioceses do Maranhão. Além de bispo referencial para a juventude no Maranhão, é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. Afirma o presidente da comissão: “acredito que aí está o coração e o segredo de todo trabalho com a juventude: oportunizar um encontro decisivo com a pessoa de Jesus e aí sim, termos jovens apaixonados e missionários que esparramem a boa notícia em todos os areópagos modernos".

Dom Vilsom explica que “o Sínodo é esta oportunidade de escutar a juventude e de levá-la a sério e abrir novos caminhos e possibilidades de evangelização”. Na oportunidade bispo apresentou o livro ‘Deus é Amor’, que traz a visão do Papa Francisco a respeito de grandes temas da atualidade para os jovens.

Assista a coletiva:

#DomVilsom #BispodeImperatriz #SínododaJuventude #Deuséamor

0 visualização