Paróquia Santa Paulina tem novo pároco



Na noite de13 de janeiro de 2022, às 19h, em celebração na igreja Matriz da Paróquia Santa Paulina (Residencial Pinheiros), o padre Junio dos Santos Pereira scj. tomou posse como novo pároco. Natural de São Luís, ele faz parte da Congregação dos Padres Dehonianos do Sagrado Coração de Jesus. A posse foi presidida pelo arcebispo de São Luís, Dom Gilberto Pastana com a participação do Padre Claudio Fernandes scj., Padre Elinauro scj. e do diácono George Castro. Acompanharam a missa representantes das comunidades Santa Paulina (Matriz), Nossa Senhora da Misericórdia, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora das Graças. Padre Ivo também esteve presente à celebração, assim como os seminaristas da Congregação Dehoniana e religiosas como as irmãs da Misericórdia e as irmãs Farina.


A celebração de posse obedeceu a vários ritos. Logo no início o Arcebispo Dom Gilberto Pastana entregou ao novo pároco, padre Junio, as chaves da porta da igreja, como sinal de que a partir daquele momento ele tomará conta daquela casa e de todo o povo que ali estará. Representantes do comunidades, pastorais, grupos e movimentos entraram na igreja cumprimentando o novo pároco em sinal de boas-vindas e acolhida. No decorrer da celebração foram realizados outros ritos, como a leitura do decreto de nomeação do novo pároco, profissão de fé (com o juramento de fidelidade), entrega da Palavra, do sacrário e do batistério.


“O pastor, o pároco, é aquele que acompanha, que cuida. É quem orienta de forma geral a comunidade, as pastorais, os grupos e os movimentos. Mas também orienta de forma mais particular para as necessidades individuais”, disse o arcebispo, que também destacou que todos nós somos responsáveis pela evangelização. Ressaltou que o novo pároco precisa do apoio das comunidades para poder ser o pastor para seu rebanho. “Então acolham bem o seu pastor, ele abriu a porta desta igreja, mas quer abrir as portas do coração de cada um de vocês”, disse Dom Gilberto.


“Me foi dada uma missão de junto com vocês caminharmos para a construção dessa paróquia”, disse padre Junio à Assembleia presente. “Que tenhamos a disposição para fazer uma caminhada com fé”, falou. Durante sua fala de agradecimento, Padre Junio chamou os coordenadores à frente e destacou que com o apoio daquelas lideranças, e outras, farão os projetos e ações nas comunidades. “Com essas lideranças pensaremos nossas ações e projetos”, disse o novo pároco.


Esse final de ano foi de mudanças na congregação dehoniana. Em especial, na Paróquia Santa Paulina, o novo pároco, padre Junio, contará com o apoio nas celebrações do padre Crispim e do padre Claudio Fernandes, que também assume como reitor da Congregação dos Padres Dehonianos do Sagrado Coração de Jesus e superior distrital Brasil São Luís. O padre Carlos Martinenghi foi para o Santuário da Conceição (Monte Castelo), juntamente com padre Elinauro.

Padre Figueira está fazendo o ano sabático. Terá como endereço, a paróquia nossa Senhora de Lourdes, São José dos Campos (SP). E vai estar com sua família, na cidade de Lagoinha (SP).


 

Créditos das fotos e texto: Pascom Paróquia Santa Paulina.