Paróquia São Cristóvão realiza 54º festa de seu padroeiro

De 16 a 25 de julho, a comunidade do São Cristóvão festejou seu padroeiro, e contou com a presença do novo arcebispo de São Luís, dom Gilberto Pastana.



Com o tema “São Cristóvão, modelo de esperança e confiança em Deus”, a Paróquia São Cristóvão, no bairro São Cristóvão, realiza seu tradicional festejo pelo 54º ano consecutivo. A festa, que intensifica a espiritualidade cristã, finalizou no domingo, 25 de julho, com uma mensagem de esperança e confiança em dias melhores, e a presença de dom Gilberto Pastana, novo arcebispo de São Luís.

Com restrições e seguindo os protocolos de segurança em combate à propagação do novo coronavírus, a comunidade paroquial se reuniu nas dez noites para rezar o terço e celebrar. Um momento oportuno para refletir sobre a caminhada cristã e suas provações, além de fortalecer a fé.

Para o pároco, padre Orlando Ramos, mesmo em contexto de pandemia, a realização do Festejo de São Cristóvão foi uma benção de Deus. “Estamos com a sensação do dever cumprido e esse festejo também nos mostra que sim, mesmo com o momento que estamos passando, a festa de São Cristóvão foi uma benção de Deus. E, essa benção continua se concretizando, continua acontecendo. E, é essa a nossa esperança: esperança de que dias melhores virão, de que não podemos nos entregar ao negativismo ou ao pessimismo”.

O Festejo iniciou no dia 16 de julho, e foi antecedido por uma preparação espiritual que consistiu em reza do terço nas ruas do bairro, visita da imagem peregrina de São Cristóvão pelas 11 comunidades que formam a Paróquia, espiritualidade e santa missa.

A participação dos fiéis foi intensa durante todas as noites. Padre Orlando cita, como um fator importante, a atenção que a assembleia demonstrava durante as missas. “Percebi durante estes dias, a receptividade da assembleia, a atenção dada às homilias. Entendi que o nosso povo realmente está sedento de Deus. Com a pandemia, alguns fiéis se afastaram, e agora retornam, com todos os cuidados, a ouvir a palavra de Deus, a ouvir uma reflexão, a receber uma benção. Não perderam a oportunidade de alimentar a sua fé, de alimentar a sua caminhada, de buscar pensamentos e sentimentos positivos”, disse.


Dia do padroeiro

No dia 25, dia do padroeiro e dia dos motoristas, a programação foi durante todo o dia com missas e carreatas. Logo às 6h, aconteceu a alvorada festiva, em seguida, missa e benção das chaves e dos veículos.

O segundo momento teve início na sede do Sindicato dos Motoristas de São Luís, no bairro do Centro, com a reza do terço e meditação da Palavra, que contou com a presença de fiéis da Paróquia e motoristas. Em seguida, a Carreata que percorreu as principais avenidas de São Luís, em clima de muita alegria e oração pedindo confiança em dias melhores e um trânsito mais seguro e de paz para todos.


Carreata

A Carreata de 2021 também tem teve um sentimento especial. "No ano passado, não realizamos a Carreata por conta da fase mais grave da pandemia, e esse ano, com a situação mais controlada e seguindo os protocolos de saúde, foi retomada com muita alegria", disse um dos representantes do Sindicato".

O translado da imagem de São Cristóvão foi saudado por motoristas, condutores e transeuntes que fizeram questão de registrar sua devoção com acenos, buzinadas e pedidos de bênçãos e proteção. Também houveram paradas especiais em frente aos hospitais, pedindo saúde aos enfermos e agradecendo aos profissionais de saúde, e em frente ao Sest/Senat, instituição responsável pela formação de condutores.


Dom Gilberto Pastana

A última celebração do dia foi às 18h com a presidência de dom Gilberto Pastana, novo arcebispo de São Luís, que tomou posse no último dia 18 de julho. A missa foi concelebrada pelo pároco, padre Orlando Ramos, auxiliada pelos diáconos permanentes Carlos Magno e Jurandir Amorim. Com a presença dos seminaristas da Arquidiocese de São Luís e os Missionários do Sagrado Coração.

Em sua homilia, dom Gilberto destacou a importância da organização pastoral e familiar, em um contexto da construção de uma sociedade com consumo consciente.

Na oportunidade, dom Gilberto foi acolhido pela comunidade paroquial, e recebeu homenagem das Rainhas Caipira mirins, sendo presenteado com uma mitra, sob cantos e aplausos dos fiéis. Para padre Orlando, a presença de dom Gilberto Pastana veio “coroar” a festa do padroeiro dos motoristas.

Para evitar aglomeração, um telão foi colocado no largo da igreja Matriz para que todos pudessem acompanhar a celebração e a benção especial dada pelo bispo arquidiocesano, dom Gilberto Pastana, aos motoristas e aos Avós e Idosos presentes e aos que acompanharam de casa, através da transmissão online da Santa Missa. Em seguida, houve carreata com a imagem de São Cristóvão pela avenida Guajajaras, finalizando o festejo.

“Todos nós estamos de parabéns desde aqueles que indiretamente trabalharam no festejo àqueles que trabalharam diretamente. A nossa coordenação, as equipes, os grupos, os movimentos, as pastorais, as comunidades, os nossos diáconos, estão todos de parabéns, pois juntos conseguimos realizar um excelente Festejo de São Cristóvão dois mil e vinte e um”, finalizou padre Orlando Ramos.




Fonte: Pascom Paróquia São Cristovão

Crédito imagens: Pascom Paróquia São Cristovão

30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo