top of page

Padre Ramon Henrique preside missa antes de viagem para Missão em Guajará-Mirim (RO)

(Padre Ramon na missa de envio em Icatu | Foto: Pascom Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Icatu)

Na tarde desta quinta-feira (16), às 18h, aconteceu a última missa presidida por padre Ramon Henrique, antes de partir em missão para Guajará-Mirim (RO). A celebração aconteceu na Igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, bairro Cohab, local onde o padre iniciou a sua vida cristã, e recebeu os primeiros sacramentos. Foi também nesta igreja, e por esse motivo, que padre Ramon presidiu a sua primeira missa depois de ordenado, no dia 13 de novembro de 2022.


A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Icatu, região continental da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, onde padre Ramon fez sua experiência de atividade Pastoral enquanto seminarista, e onde ele seguiu servindo após ordenado, foi o primeiro lugar que celebrou a missa de envio do padre Ramon Henrique.


A missa desta quinta-feira foi concelebrada por padre Roney Carvalho, cura da Catedral, e auxiliada pelo diácono Celso Bastos, da capelania militar do exército e Comunidade Católica Shalom.


(Missa do dia 15/02/2023, padre Ramon Henrique, padre Rony Carvalho, e diácono Celso Bastos )

A transferência de padre Ramon, assim como as dos onze presbíteros, e mais um diácono permanente, foi publicada no dia 02 de janeiro deste ano, e padre Ramon foi o único indicado para missão fora das terras maranhense. Ele, que confessou sempre ter tido um espírito aventureiro, falou à nossa equipe do site sobre a aventura assumida por amor:


"Gosto de conhecer novas realidades, ainda mais quando essas são desafiadoras. Sempre ouvia falar em missões na Amazônia, dos depoimentos de padres e religiosos(as) nos jornais e revistas de missão. Confesso que fiquei encantando em conhecer essa nova realidade, apesar de muito novo no ministério presbiteral aceitei este desafio proposto pela Igreja. Nesses últimos dias que antecedem a viagem estou aproveitando ao máximo os amigos e familiares", relata padre Ramon, ao falar sobre como se sente diante desafio.


(Envio do padre Ramon feito na Paróquia de Icatu | Pascom Nossa Senhora da Conceição)

Guajará-Mirim, terras de missão!


Com pouco mais de 46 mil habitantes, segundo o site do IBGE, a cidade de Guajará-Mirim é a segunda maior em extensão do Estado de Rondônia. No ano de 2008, recebeu o epíteto de "Cidade Verde", devido a quantidade de área protegida, que possui ainda, entre suas peculiaridades, o primeiro jornal brasileiro editado na língua indígena txapacura.


Fundada em 1929, há 94 anos, a cidade possui a mesma idade da diocese, que foi fundada enquanto Prelazia, em 1º de março de 1929, pela bula papal Animarum Cura, do Papa Pio XI. E segundo o site da Diocese, Guajará-Mirim possui 13 Paróquias, que estão divididas em três áreas pastorais: Região Pastoral Sede (com quatro Paróquias), Região Pastoral Centro (cinco Paróquias) e Região Pastoral Sul (quatro paróquias).


Até o momento, padre Ramon Henrique não sabe em qual delas ficará em missão, mas traz no coração o desejo generoso de servir:


"Eu sei que exige de nós um esvaziamento total. Tudo é muito distante, a precariedade dos serviços básicos de saúde, de educação é gritante. O missionário que se dispõe a servir naquelas terras deve fazer um verdadeiro despojamento, abrindo mão do conforto, da vida cômoda. Estou muito esperançoso para esse novo de Deus é minha vida sacerdotal", declara feliz o presbítero.

Agora enviado, o presbítero parte para Guajará-Mirim na madrugada o dia 19 de fevereiro.


(Padre Ramon Henrique em sua missa de ordenação | Foto: Afonso Barros)

Veja mais fotos em nossas redes sociais.



*Informações sobre a Igreja Católica de Guajará-Mirim (RO) foram retiradas do site da Diocese.


**Mais fotos da missa em nossas redes sociais.

Comments


bottom of page