top of page

Maranhão participa de encontro em preparação ao Jubileu 2025

(Participantes do Regional Nordeste 5 no encontro em preparação ao Jubileu 2025 | Foto: Arquivo padre Jadson Borba)

Termina nesta terça-feira (30), às 19h, com Missa presidida por dom Rino Fisichella, dom Rino Fisichella, pró-prefeito do Dicastério para a Evangelização e coordenador do projeto Jubileu da Esperança 2025, o Encontro que reúne bispos e padres de todo o Brasil, em Brasília (DF), para pensar sobre as atividades realizadas no Brasil em preparação ao Jubileu.


Estiveram presentes no encontro: Dom Jaime Spengler, Dom Giambattista Diquattro, Dom Paulo Cézar Costa e


O Regional Nordeste 5, está representado por bispos e padres de seis Dioceses do Maranhão:


  1. Dom Valdeci Mendes, bispos da Diocese de Brejo

  2. Dom Rubival Britto, bispo da Diocese de Grajaú

  3. Padre Jadson Borba e Silva, Arquidiocese de São Luís do Maranhão

  4. ⁠Padre Pedro, Diocese de Zé Doca

  5. Padres Luzimar e Willyan Kelson, Diocese de Caxias do Maranhão

  6. ⁠Padre Edimar, Diocese de imperatriz

Temas abordados


Entre os temas abordados estavam o "Panorama da ação evangelizadora a partir da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, tema ministrado pelo secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, "Desafios da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil", ministrado por dom Leomar Brustolin e "O Jubileu nas Sagradas Escrituras", com dom Paulo Jackson Nóbrega, "


Dom Rino Fisichella, coordenador do Jubileu 2025, tratou sobre os temas: "Jubileu da Esperança em 2025: anseios do Papa Francisco", "A celebração do Jubileu", a "Propostas para a realização do Jubileu da Esperança,


O encontro contou ainda com Mesa Redonda conduzida por dom João Justino, primeiro vice-presidente da CNBB, irmã Zirlaide Barreto Mendonça, assessora da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), Sônia Gomes, presidente do Conselho Nacional de Laicato do Brasil (CNLB).


Repercussão

Tendo participado do encontro, os bispos e padres do Brasil devem agora começar o trabalho de organização das atividades em preparação ao Jubileu 2025 nas suas respectivas circunscrições eclesiásticas.


Aos fiéis da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, as orientações sobre como se dará essa programação local serão dadas nas mídias oficiai

コメント


bottom of page