top of page

Há 409 anos nascia a administração eclesiástica da Igreja do Maranhão em São Luís

(Catedral de São Luís | Foto: Antônio Mota Neto, Arquidiocese de São Luís do Maranhão)

Em um dia como este, há 409 anos, nascia a administração eclesiástica da Igreja do Maranhão, dependente da Prelazia de Pernambuco, através da bula In super eminente militantes Ecclesiaedo, do Papa Paulo V.


No dia 30 de agosto de 1677, pela Bula Super universas orbis Ecclesias do Papa Inocência XI, foi criada a Diocese de São Luís do Maranhão, sufragânea do Patriarcado de Lisboa, tornando-se, em 05 de junho de 1827, sufragânea da Arquidiocese de São Salvador (BA) e na sequência, em 01 de maio de 1906, sufragânea da Arquidiocese de Belém (PA).


Das sucessivas elevações desta administração eclesiástica, nasceu a nossa querida Arquidiocese de São Luís do Maranhão, 4ª Igreja mais antiga do Brasil. A elevação à Arquidiocese se deu no dia 2 de dezembro de 1922, pela Sagrada Congregação Consistorial e no dia 10 de dezembro de 1922, com a Bula Ratio congruit do Papa Pio IX, tornou-se sede metropolitana.

De 1679 a 1922 tivemos 23 bispos no governo da diocese.


De 1922 a 2021 tivemos sete arcebispos na Arquidiocese:

1. Dom Otaviano Pereira de Albuquerque (1922-1935) – 13 anos

2. Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta (1935-1944) – 9 anos

3. Dom Adalberto Accioli Sobral (1947-1951) – 4 anos

4. Dom José de Medeiros Delgado (1951-1963) 12 anos

5. Dom João José da Motta e Albuquerque (1964-1984) – 20 anos

6. Dom Paulo Eduardo Andrade Ponte (1984-2005) – 21 anos

7. Dom José Belisário da Silva, OFM (2005-2021) – 16 anos

8- Dom Gilberto Pastana de Oliveira (2021).


Comments


bottom of page