Dia 1º de setembro: Campanha de Oração CNBB e ACN pela Nicarágua


(Dia 04 de agosto, dom Álvarez/ Imagem: Diocese de Matagalpa)

Acontece durante o dia de hoje, 01 de setembro, a Campanha de Oração promovida pela CNBB e a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN). A Jornada de Oração que tem como intenção a Missão pela Paz na Nicarágua e está sendo organizada pela Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial.


Segundo a organização da Campanha, os fiéis podem escolher um horário do dia para fazer seu momento de oração pela causa proposta.



Entenda o caso Nicarágua


A situação política de conflito no País tem se intensificado, e nos últimos meses o governo do presidente (há 29 anos no poder), ex-guerrilheiro e líder há 43 anos da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), Daniel Ortega, tem realizado atos de perseguição religiosa contra a Igreja Católica, com fechamento de rádios, expulsão das religiosas Missionárias da Caridade, fundadas por Madre Teresa de Calcutá (obrigadas atravessar à pé a fronteira do País com a Costa Rica), e com o fato recente, prisão do bispo da Diocese de Matagalpa, dom Rolando José Álvarez (até este momento, sem paradeiro informado).


Dom Álvarez era mantido, desde o dia 04 de agosto, em prisão domiciliar, junto com seminaristas e leigos, sob vigilância de forças militares. No dia 20/08, dom Álvarez e o grupo foi levado por forças policiais e paramilitares, de Ortega, ainda sem paradeiro oficial informado.


A situação, portanto, é crítica, uma vez que a Igreja Católica tem sofrido atos persecutórios recorrentes por parte da ditadura nicaraguense, por denunciar atos que contrários aos diretos humanos praticados pelo atual Governo. Em 2018, os bispos chegaram a ser chamados por Ortega de "golpistas".