• Secom

Clero da Arquidiocese em retiro

Diácono transitório Bruno Pimenta

Com colaboração da Redação



O Retiro ocorre de 09 a 12 de março, na Casa de Retiro Oásis, no bairro da Aurora.



"Uma escola que demonstra profunda confiança dos que

procedem retamente segundo a Lei de Deus". Padre Lindomar Santos.

Retiro do Clero 2020

Ocorre na Casa de Retiro Oásis o retiro do clero da Arquidiocese de São Luís. O arcebispo metropolitano, dom José Belisário, e o bispo auxiliar, dom Esmeraldo Barreto, participam com os padres e diácono transitório desde a segunda-feira (09), sob a orientação espiritual de dom Alfredo Schäffler, bispo emérito de Parnaíba, Piauí. O retiro encerra com jantar na quinta feira, dia 12 de março.


Como programação, momentos de oração do breviário, missas, via sacra, celebração penitencial e confissões, além dos momentos de conferência, deserto e convivência na hora das refeições.


Em entrevista a redação do site, o padre Lindomar Santos, vigário na paróquia Nossa Senhora da Penha, Anjo da Guarda, destacou: "o retiro tem ressaltado o valor do nosso sacerdócio, das alegrias e angústias presentes em nossa vida. Destaco, ainda, neste tempo litúrgico vivido, a forte figura de Abraão, para nós relembrada, como homem de fé, que prefere sacrificar seu filho Isaac ao vê-lo vivo sem fé! Uma escola que demonstra profunda confiança dos que procedem retamente segundo a Lei de Deus."


O retiro tem ressaltado o valor do nosso sacerdócio, das alegrias e angústias presentes em nossa vida.

O diácono transitório Bruno Pimenta, que exerce o ministério no Santuário Arquidiocesano São José de Ribamar, destaca: "este é o meu primeiro retiro como clérigo, fato que por si só é carregado de significado. Porém, partilho duas perguntas feitas a nós por dom Alfredo: 'quem é o Isaac do meu coração? Como reagimos quando Deus o pede?' Ao rememorar as escrituras, Isaac representa o maior desejo de seu pai, Abraão, pois era a garantia da continuidade da sua vida, da sua geração. Perguntas estas que nós, clérigos, levamos para o nosso momento de 'deserto', que convido a levá-las para seu retiro, nesta Quaresma, para seu 'deserto' em suas reflexões particulares. Quaresma é tempo dos exercícios espirituais, de revisão da fé". Finalizou.


Quem é o Isaac do meu coração? Como reagimos quando Deus o pede?

Roguemos aos nossos padroeiros, Nossa Senhora da Vitória, São José de Ribamar e São Luís Rei de França que intercedam por nosso clero.



91 visualizações