top of page

Arquidiocese define data de ordenação diaconal de seminaristas para fevereiro de 2024


Definida a data e local para a cerimônia de ordenação diaconal de dois seminaristas da Arquidiocese de São Luís do Maranhão. Fellipe Augusto dos Santos Correa e Luís Alberto Silva Pinheiro serão ordenados diáconos transitórios no dia 10 de fevereiro de 2024, pela imposição das mãos de dom Gilberto Pastana, Arcebispo, em cerimônia que acontecerá na igreja matriz da paróquia Nossa Senhora da Penha, Anjo da Guarda.


Fellipe Augusto e Luís Alberto concluíram os cursos de Teologia e Filosofia, e receberam, no dia 8 de setembro de 2022, o rito do Acolitato e Leitorato. Ambos realizam Atualmente Estágio Pastoral, Fellipe Augusto na paróquia Nossa Senhora do Rosário, no bairro João de Deus, Forania Nossa Senhora de Nazaré e Luís Alberto, na paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Icatu, Forania São Benedito.


(Dom Gilberto Pastana, arcebispo de São Luís do Maranhão, com os seminaristas Luís Alberto e Fellipe Augusto, no dia do recebimento do rito de Acolitato e Leitorato | Foto: Arquivo pessoal de Luís Alberto)

Conheça quem são os seminaristas que receberão o diaconato transitório


Fellipe Augusto dos Santos Correa

Nascido no dia 24 de abril de 1994, na capital do estado, São Luís, Fellipe Augusto é filho de Jodemar Diniz Correa (in memória) e Ana Cristina dos Santos Correa (in memória). Iniciou sua vida cristã na Igreja foi na paróquia/ Santuário de Nossa Senhora da Conceição, Monte Castelo. Onde participou das pastorais, com dedicação maior do tempo no grupo dos coroinhas.


A presença da família na vida ativa da paróquia foi decisivo para que o jovem Fellipe Augusto se decidisse pelo desejo de ser padre. Após terminar os estudos do Ensino Médio, ingressou no seminário e agora, após o período do estágio pastoral, tomou a decisão, depois deste período de formação, maturação da decisão e discernimento, onde optou por ser padre.


"E assim responder sempre positivo ao Senhor da messe", disse em sua carta pedido ao desejar o Sacramento da Ordem.

Luis Alberto Silva Pinheiro



Natural de São Bento, o seminarista Luís Alberto Silva Pinheiro é filho de Alcenir Silva e Humberto Pinheiro Filho. Nasceu em 12 de outubro de 1988 e em São Luís, sua paróquia de origem foi a paróquia Espírito Santo do Alto Timbira, no Parque Timbira.


Cursou Filosofia (2016-2018), Teologia (2019-2023) e fez Estágio Pastoral nas paróquias São João Batista, Recanto do Vinhais, São José do Bonfim, Nossa Senhora de Guadalupe, no Paranã, Paço do Lumiar, Nossa Senhora Aparecida de Morros do Munim, em Morros e durante o período da pandemia esteve na paróquia Santíssima Trindade, no bairro Cidade Olímpica, em São Luís.


Na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, realizou três meses de síntese vocacional, onde foi despertado mais ainda, segundo suas palavras, à "vontade para servir na missão de conduzir o povo de Deus ao Reino dos céus". Em seu pedido para ser padre, Luís Alberto declarou que a decisão foi tomada:

"Após ouvir a voz do chamado de Cristo, mestre e Senhor que soa e ressoa com o imperativo, “vem e segue-me!”.



bottom of page