• Secom

Festejo de São Vicente de Paulo


A Paróquia São Vicente de Paulo, no bairro Apeadouro, celebrará o seu tradicional festejo em honra e glória ao santo padroeiro, que é patrono das obras de caridade da igreja. A festa acontecerá de 18 a 27 de setembro de 2019, com as celebrações às 19h, seguida de largo. Este ano o tema é “São Vicente, defensor das políticas públicas e da justiça”, trazendo como referência a Campanha da Fraternidade de 2019 realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O tema também faz menção à vida de São Vicente de Paulo, declarado pai dos pobres, por ter dedicado sua vida aos mais necessitados.

Durante os dias de festejo a programação traz bênçãos especiais durante as celebrações, seguido do Largo com comidas típicas e atrações culturais. Entre as bênçãos estão: benção das chaves, dos alimentos, dos documentos, das crianças, famílias e jovens, da água, dos remédios e objetos devocionais, dos carros e a benção para o povo de Deus.

Sobre São Vicente de Paulo

Segundo São Francisco de Sales, considerado doutor na Igreja Católica, São Vicente de Paulo era o "padre mais santo do século", inspirado por seu amor a Deus e aos pobres. Vicente de Paulo foi o criador de muitas obras de amor e caridade. Sua vida é uma história de doação aos irmãos pobres e de amor a Deus, mas nenhuma delas conseguirá descrever com total fidelidade o amor que tinha por seus irmãos necessitados. Muitos acham que a maior virtude de São Vicente é a caridade, mas sua humildade suplantava essa virtude. Sempre buscava o bem da Igreja. São Vicente de Paulo foi um pai dos Pobres e um reformador do clero, fundador de diversas congregações:

Em agosto de 1617 funda as Damas da Caridade, hoje conhecidas como Associação Internacional de Caridades - AIC.

Em 8 de dezembro de 1617 cria as Confrarias da Caridade.

Em 17 de abril de 1625 funda a Congregação da Missão, cujos membros são conhecidos como padres Lazaristas, ou padres vicentinos.

Em 29 de novembro de 1633 funda a congregação das Filhas da Caridade.

O corpo incorrupto de São Vicente de Paulo, cinquenta e dois anos após a sua morte, o corpo foi exumado pela primeira vez diante de dois médicos, autoridades da Igreja e outras testemunhas. Foi encontrado incorrupto, com sinais de deterioração apenas no nariz e nos olhos. Os médicos atestaram que esta preservação não poderia ocorrer por meios naturais. Vinte anos mais tarde, por ocasião da canonização, o corpo já estava em estado de decomposição devido a inúmeras inundações.

O corpo de São Vicente de Paulo, reconstituído em cera, está atualmente exposto à visitação pública na Capela de São Vicente de Paulo, em Paris. Seu coração encontra-se em um relicário na Capela Nossa Senhora da Medalha Milagrosa.

#Festejo #SãoVicentedePaulo

0 visualização