• Secom

XXª Assembleia Regional de Pastoral do Regional Nordeste V


Aconteceu entre os dias, 04 e 07 de julho no Centro de Formação Nossa Senhora de Guadalupe, a XXª Assembleia Regional de Pastoral do Regional Nordeste V, que neste ano terá Balsas como polo principal. Com o objetivo da aprovação de um novo plano regional de Pastoral, que deverá estar em conformidade com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019– 2023.

Com o objetivo de aprovar um novo Plano Regional de Pastoral, que deverá estar em conformidade com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019– 2023, teve início na noite desta quarta-feira, dia 04 de Julho, e encerra ao meio dia de domingo, dia 07, a XX Assembleia Regional de Pastoral do Regional NE V.

O evento aconteceu no Centro de Formação Nossa Senhora de Guadalupe, na cidade de Balsas. A programação de abertura iniciou com a acolhida.

Logo após todos se direcionaram ao auditório aonde logo após alguns cantos de animação, a coordenadora da programação da noite, Martha Bispo, secretária executiva do NE V, chamou para compor a mesa de abertura, dom Sebastião Bandeira Coelho ( Bispo da diocese de Coroatá e Presidente do Regional NE V), dom Esmeraldo Barreto (Bispo auxiliar da Arquidiocese de São Luís e vice presidente do Regional NE V), Padre Nadir Luiz Zanchet (vigário geral da diocese de Balsas) e dom Leomar Antônio Brustolin( Bispo auxiliar de Porto Alegre e assessor da XX Assembleia Regional de Pastoral).

Após o intervalo do almoço, os participantes da assembleia se reuniram novamente no auditório, reiniciando as atividades com o mantra e salmo, momento este coordenado pela equipe de Liturgia central.

Depois foram iniciados os trabalhos com a temática Central da assembleia, que são o aprofundamento das " Novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil", aprovadas, durante a 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada no mês de Maio, em Aparecida, para o próximo quadriênio (2019-2023).

As novas Diretrizes apontam para uma Igreja Católica mais missionária, casa da acolhida dos mais vulneráveis e atenta aos desafios e urgências de uma realidade profundamente marcada pela cultura urbana. A assessoria foi feita por Dom Leomar Antonio Brustolin, bispo auxiliar de Porto Alegre, que foi membro da comissão de redação das Diretrizes. Ao final da tarde foi feito um momento celebrativo preparado pelas dioceses de Brejo e Coroatá, em seguida foi servido o jantar. A parte da noite foi dedicada ao Sínodo para a Amazônia, sendo a primeira parte conduzida pela Martha Bispo, que apresentou toda a trajetória em preparação a este grande momento que será vivenciado em nossa Igreja, explicando o porque e a importância de um Sínodo dedicado a Amazônia.

Logo após, dom José Valdeci, Bispo da Diocese de Brejo e bispo referencial das Pastorais Sociais no Regional, apresentou um pouco da síntese elaborada nas escutas realizadas nas dioceses em preparação ao Sínodo. Os representantes da Diocese de Caxias, tiveram um momento de fala para apresentarem os passos dados em preparação a Romaria Regional da Terra e das Águas, que se realizará nos dias 21 e 22 de Setembro, na cidade de Caxias.

Concluindo a noite, representantes da Comissão da Pastoral da Terra (CPT), fizeram o relançamento do Caderno de Conflitos, que apresenta a realidade dos conflitos ocorridos não só no Maranhão, mas em todo Brasil. O dia encerrou com a benção dada por dom José Valdeci.

#XXAssembleiaRegionaldePastoral #RENE5 #Balsas

0 visualização