• Secom

Arquidiocese de São Luís ordena 39 diáconos permanentes


Marcando o início da noite deste sábado, 29 de setembro, iniciou-se o rito de ordenação diaconal dos 39 candidatos ao diaconato permanente da Arquidiocese de São Luís, na concha acústica de São José de Ribamar.

Em sua homilia, dom José Belisário fez menção ao festejo de São José de Ribamar. “Mês de setembro é um mês marcado pela festa de São José de Ribamar, e este ano esta festa está marcada pela ordenação destes nossos irmãos na ordem do diaconato”, disse. E, evidenciando o rito do diaconato ponderou: “O diaconato permanente foi colocado na Igreja, através do Concílio Vaticano II. Ele nos convida a voltar às fontes. E quem quer água pura, tem que ir até as fontes. As fontes mais puras que temos são as Sagradas Escrituras. São Paulo diz que os diáconos devem ser pessoas decentes, homens de palavra. E lembra as recomendações de São Paulo, citando a primeira que se refere às qualidades humanas”.

O rito da ordenação foi presidido por dom José Belisário. Um a um os diáconos fizeram as promessas da ordenação ajoelhados em frente a dom Belisário. Em seguida, se prostraram ao chão recebendo as orações de todo o clero e a assembleia, que juntos entoaram a ladainha de todos os santos. Todo o rito foi concluído com a imposição das mãos por dom José Belisário.

Para encerrar todo este momento, os diáconos receberam suas paramentações, auxiliados por suas esposas, familiares e clero. Os paramentos simbolizam o serviço que os novos diáconos prestarão à comunidade cristã.

#ordenaçãodiaconal #ArquidiocesedeSãoLuís

143 visualizações